CAMPO DE SÃO FRANCISCO * PONTA DELGADA - SÃO MIGUEL - AÇORES *

03
Mar 14

 

 

PÁGINA LITÚRGICA

ANO LITÚRGICO A

ANO IV - Semana de 01 a 07/03/2014

DOMINGO VIII DO TEMPO COMUM

 

LEITURA I - Is 49, 14-15

Leitura do Livro de Isaías

Sião dizia: «O Senhor abandonou-me, o Senhor esqueceu-Se de mim». Poderá a mulher esquecer a criança que amamenta e não ter compaixão do filho das suas entranhas? Mas ainda que ela se esquecesse, Eu não te esquecerei.

Palavra do Senhor

 

SALMO RESPONSORIAL - Salmo 61 (62), 2-3.6-7.8-9ab (R. 6a)

Refrão: Só em Deus descansa, ó minha alma. Repete-se

 

LEITURA II - 1 Cor 4, 1-5

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios

Irmãos: Todos nos devem considerar como servos de Cristo e administradores dos mistérios de Deus. Ora o que se requer nos administradores é que sejam fiéis. Quanto a mim, pouco me importa ser julgado por vós ou por um tribunal humano; nem sequer me julgo a mim próprio. De nada me acusa a consciência, mas não é por isso que estou justificado: quem me julga é o Senhor. Portanto, não façais qualquer juízo antes do tempo, até que venha o Senhor, que há-de iluminar o que está oculto nas trevas e manifestar os desígnios dos corações. E então cada um receberá da parte de Deus o louvor que merece.

Palavra do Senhor

 

 

 EVANGELHO - Mt 6, 24-34

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há-de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vós não podeis servir a Deus e ao dinheiro. Por isso vos digo: «Não vos preocupeis, quanto à vossa vida, com o que haveis de comer, nem, quanto ao vosso corpo, com o que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento e o corpo mais do que o vestuário? Olhai para as aves do céu: não semeiam nem ceifam nem recolhem em celeiros; o vosso Pai celeste as sustenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Quem de entre vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à sua estatura? E porque vos inquietais com o vestuário? Olhai como crescem os lírios do campo: não trabalham nem fiam; mas Eu vos digo: nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. Se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao forno, não fará muito mais por vós, homens de pouca fé? Não vos inquieteis, dizendo: ‘Que havemos de comer? Que havemos de beber? Que havemos de vestir?’ Os pagãos é que se preocupam com todas estas coisas. Bem sabe o vosso Pai celeste que precisais de tudo isso. Procurai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais vos será dado por acréscimo. Portanto, não vos inquieteis com o dia de amanhã, porque o dia de ama­nhã tratará das suas inquietações. A cada dia basta o seu cuidado».

Palavra da salvação

 

NOTA EXPLICATIVA

 

LEITURA I

«Eu não te esquecerei»

O amor de Deus pelos homens é a origem da própria criação e de toda a história da salvação, e é atitude constante de Deus que nunca deixa o homem abandonado nem completamente entregue a si próprio. Por isso Deus pede ao homem que O ame a Ele acima de todas as coisas. A maior manifestação do amor de Deus pelos homens é a vinda a este mundo de nosso Senhor Jesus Cristo; mas já o Antigo Testamento afirmava claramente este amor, como nesta breve passagem do profeta. Só esse amor traz ao homem a paz total.

 

LEITURA II

«O Senhor manifestará o desígnio dos corações»

A comunidade cristã de Corinto não era das mais fáceis. Frequentemente nasciam nela questiúnculas, divisões, contestações. O próprio Apóstolo Paulo não escapava a essas críticas. Situações tristes, fruto das limitações humanas. No meio de todas essas intrigas, S. Paulo entrega-se ao juízo de Deus. Só Ele sabe e pode ser o Juiz das intenções dos homens. Hoje, como então, a comunidade cristã não está livre de humilhações semelhantes às da Igreja de Corinto.

 

INFORMAÇÕES

 

► De 1 a 6 de março, estará encerrada a catequese para o período das férias do carnaval.

► No dia 4 de março (terça-feira de carnaval) não haverá a Eucaristia das 18:30 horas.

► No próximo dia 5 de março (quarta-feira), inicia-se o período da Quaresma, com a celebração da imposição das Cinzas na Eucaristia que excecionalmente será pelas 19 horas. Pede-se a presença de todos os movimentos da paróquia, assim como dos paroquianos. Em todas as sextas-feiras do tempo quaresmal, será celebrada pelas 17:45 horas a Via-Sacra.

► Informamos que também nesse mesmo dia 5, início da Quaresma, será apresentada a nova página WEB da Paróquia.

► Face ao exposto no parágrafo anterior, queremos desde já agradecer ao Sr. João Mota a sua disponibilidade na construção do referido site.

► Dia 9 de março (1.º domingo da Quaresma), na Eucaristia das 11 horas, serão entregues os cartões aos novos Ministros Extraordinários da Comunhão.

► Dia 10 de março (segunda-feira), realiza-se pelas 20:30 horas no Convento da Esperança, mais um CPM (Curso de Preparação para o Matrimónio)

► Dia 14 de março (sexta-feira), pernoita na nossa paróquia o Rancho de Romeiros da Candelária pelo que, algum paroquiano que deseje receber um ou mais irmãos, deverá fazer a sua inscrição no cartório da nossa igreja.

► O Plano São Lucas em parceria com os restantes movimentos da Paróquia de São José encontra-se a organizar um "Buffet de Sopas" que terá lugar no Salão de São José no dia 15 de Março a partir das 18h30. Este evento pretende a angariação de fundos para as famílias com dificuldades socioeconómicas da Paróquia. O custo de entrada é de 5 sopas e os bilhetes podem ser adquiridos na Igreja ou no Centro Paroquial de São José. Participe e traga os seus amigos e familiares.

► Dia 17 de março (segunda-feira), pelas 20 horas no Centro Pastoral Pio XII, realiza-se um encontro mensal de formação da Ouvidoria, para todos os que trabalham na Pastoral Social.

publicado por Ruben Amorim em:- igrejasaojose às 17:17

pesquisar
 
PÁROCOS DA PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DE PONTA DELGADA
  • 1.º - Bacharel Ascénio Gonçalves -
  • 2.º - Padre Francisco Fernandes – 1581 a
  • 3.º - Padre José da Costa Marrecos – 1635 a 1669 (34 anos)
  • 4.º - Padre Francisco da Cunha Prestes – 1670 a 1687 (17 anos)
  • 5.º - Padre Cristóvão Soares de Melo – 1692 a 1725 (33 anos)
  • 6.º - Padre Pedro Ferreira de Medeiros – 1726 a 1760 (34 anos)
  • 7.º - Padre João Francisco Tavares – 1764 a 1768 (4 anos)
  • 8.º - Padre Joaquim de França – 1790 a 1798 (8 anos)
  • 9.º - Padre Manuel José do Rego – 1800 a 1809 (9 anos)
  • 10.º - Padre Jacinto Tavares do Rego Oliveira – 1814 a 1831 (17 anos)
  • 11.º - Cónego José de Medeiros e Sousa – 1833 a 1868 (25 anos)
  • 12.º - Padre António Luciano Horta – 1868 a 1891 (23 anos)
  • 13.º - Padre Manuel Augusto Pereira – 27/9/1893 a 1932 (39 anos)
  • 14.º - Padre Adelino Francisco de Oliveira – 1932 a 1939 (7 anos)
  • 15.º - Padre Jacinto Monteiro (vacatura) – 1939
  • 16.º - Monsenhor António de Almeida Maia – 22/10/1939 a 1992 (53 anos)
  • 17.º - Padre Laudalino de Sousa Duarte Frazão – 1992 a 8/8/2000 (8 anos)
  • 18.º - Monsenhor e Cónego José Garcia – 8/8/2000 a 17/10/2010 (10 anos)
  • 19.º - Padre Dr. Duarte Manuel Espírito Santo Melo – 17/10/2010
  • COMPILAÇÃO
    Rúben Borges de Medeiros Amorim - Contacto:- ruben.amorim@sapo.pt
    pesquisar