CAMPO DE SÃO FRANCISCO * PONTA DELGADA - SÃO MIGUEL - AÇORES *

07
Fev 14

 

 

PÁGINA LITÚRGICA

ANO LITÚRGICO A

ANO IV - Semana de 08 a 14/02/2014

DOMINGO V DO TEMPO  COMUM

 

LEITURA I - Is 58, 7-10

Leitura do Livro do profeta Isaías

Eis o que diz o Senhor: «Reparte o teu pão com o faminto, dá pousada aos pobres sem abrigo, leva roupa ao que não tem que vestir e não voltes as costas ao teu semelhante. Então a tua luz despontará como a aurora e as tuas feridas não tardarão a sarar. Preceder-te-á a tua justiça e seguir-te-á a glória do Senhor. Então, se chamares, o Senhor responderá, se O invocares, dir-te-á: ‘Aqui estou’. Se tirares do meio de ti a opressão, os gestos de ameaça e as palavras ofensivas, se deres do teu pão ao faminto e matares a fome ao indigente, a tua luz brilhará na escuridão e a tua noite será como o meio-dia».

Palavra do Senhor.

 

SALMO RESPONSORIAL - Salmo 111 (112), 4-5.6-7.8a e 9

Refrão: Para o homem reto nascerá uma luz no meio das trevas. Repete-se

     Ou: Aleluia. Repete-se

 

LEITURA II - 1 Cor 2, 1-5

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo S. Paulo aos Coríntios

Quando fui ter convosco, irmãos, não me apresentei com sublimidade de linguagem ou de sabedoria a anunciar-vos o mistério de Deus. Pensei que, entre vós, não devia saber nada senão Jesus Cristo, e Jesus Cristo crucificado. Apresentei-me diante de vós cheio de fraqueza e de temor e a tremer deveras. A minha palavra e a minha pregação não se basearam na linguagem convincente da sabedoria humana, mas na poderosa manifestação do Espírito Santo, para que a vossa fé não se fundasse na sabedoria humana, mas no poder de Deus.

Palavra do Senhor.

 

 

EVANGELHO - Mt 5, 13-16

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Vós sois o sal da terra. Mas se ele perder a força, com que há-de salgar-se? Não serve para nada, senão para ser lançado fora e pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; nem se acende uma lâmpada para a colocar debaixo do alqueire, mas sobre o candelabro, onde brilha para todos os que estão em casa. Assim deve brilhar a vossa luz diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem o vosso Pai que está nos Céus».

Palavra da salvação.

 

NOTA EXPLICATIVA

                               

LEITURA I

«A tua luz despontará como a aurora»

A palavra de Deus é-nos dirigida, muitas vezes, por meio de imagens, de comparações. A comparação é maneira fácil de ser compreendida e, por meio dela, a verdade chegará melhor à inteligência e ao coração. Hoje a palavra de Deus fala-nos muito de “luz”. A nossa vida, sem a luz da palavra de Deus, fica nas trevas; mas, se se deixa iluminar e guiar por aquela palavra, está sempre na luz, como na frescura clara das manhãs. Esta luz, que vem de Deus, ilumina o nosso coração e palpa-se nas próprias mãos, quando as nossas obras correspondem à nossa fé. É este o testemunho que já o Antigo Testamento propunha aos crentes.

 

LEITURA II

«Anunciei-vos o mistério de Cristo crucificado»

A segunda leitura é, na maior parte das vezes, tirada de uma epístola, uma carta apostólica dirigida a determinada comunidade cristã. Essa leitura dá-nos, por isso, o quadro da vida dessa comunidade, e ensina-nos como poderá hoje a nossa comunidade viver também a fé cristã. Na leitura de hoje, o Apóstolo, ao dirigir-se a uma comunidade que era muito pobre, apresenta-se como missionário desprovido de meios humanos, e cuja força e riqueza lhe vem só de Jesus Cristo crucificado. É este mistério que ele tem para lhes anunciar. Assim também hoje a nós.

 

EVANGELHO

«Vós sois a luz do mundo»

Jesus Cristo é luz que vem da luz, como dizemos no “Credo”; Ele é o Filho de Deus, que veio a este mundo como Luz para os homens. E agora é o próprio Senhor Jesus que diz aos seus discípulos que são eles a luz do mundo, porque a luz de Deus chegará aos homens do mundo por meio daqueles que já se deixaram iluminar pela luz de Cristo. É por meio dos discípulos de Cristo que os homens acreditarão em Cristo, e, por Ele, irão ao Pai.

  

INFORMAÇÕES

 

► Dia 10 de fevereiro (segunda-feira), reúne-se pelas 20 horas o Conselho Pastoral da Ouvidoria com a equipa da Cultura e Comunicação da mesma Ouvidoria, no Centro Pastoral Pio XII.

 

► Dia 17 do corrente (segunda-feira), realiza-se pelas 20:30 horas no Centro Pastoral Pio XII o “Encontro Mensal de Formação - Responsáveis da Ouvidoria, Pastoral Juvenil, Docentes de EMRC, Responsáveis de CPM e Pastoral Familiar”.

 

► Recordamos que durante o corrente mês, decorre a recolha dos envelopes destinados ao culto, que foram distribuídos nos lares dos paroquianos. 

 

► Concluídas as obras de restauro da capela do Santíssimo, estão neste momento a decorrer as da capela-mor. Face ao facto, vimos apelar à generosidade dos paroquianos no contributo monetário que possam dar a tão necessitadas obras.

publicado por Ruben Amorim em:- igrejasaojose às 16:40

pesquisar
 
PÁROCOS DA PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DE PONTA DELGADA
  • 1.º - Bacharel Ascénio Gonçalves -
  • 2.º - Padre Francisco Fernandes – 1581 a
  • 3.º - Padre José da Costa Marrecos – 1635 a 1669 (34 anos)
  • 4.º - Padre Francisco da Cunha Prestes – 1670 a 1687 (17 anos)
  • 5.º - Padre Cristóvão Soares de Melo – 1692 a 1725 (33 anos)
  • 6.º - Padre Pedro Ferreira de Medeiros – 1726 a 1760 (34 anos)
  • 7.º - Padre João Francisco Tavares – 1764 a 1768 (4 anos)
  • 8.º - Padre Joaquim de França – 1790 a 1798 (8 anos)
  • 9.º - Padre Manuel José do Rego – 1800 a 1809 (9 anos)
  • 10.º - Padre Jacinto Tavares do Rego Oliveira – 1814 a 1831 (17 anos)
  • 11.º - Cónego José de Medeiros e Sousa – 1833 a 1868 (25 anos)
  • 12.º - Padre António Luciano Horta – 1868 a 1891 (23 anos)
  • 13.º - Padre Manuel Augusto Pereira – 27/9/1893 a 1932 (39 anos)
  • 14.º - Padre Adelino Francisco de Oliveira – 1932 a 1939 (7 anos)
  • 15.º - Padre Jacinto Monteiro (vacatura) – 1939
  • 16.º - Monsenhor António de Almeida Maia – 22/10/1939 a 1992 (53 anos)
  • 17.º - Padre Laudalino de Sousa Duarte Frazão – 1992 a 8/8/2000 (8 anos)
  • 18.º - Monsenhor e Cónego José Garcia – 8/8/2000 a 17/10/2010 (10 anos)
  • 19.º - Padre Dr. Duarte Manuel Espírito Santo Melo – 17/10/2010
  • COMPILAÇÃO
    Rúben Borges de Medeiros Amorim - Contacto:- ruben.amorim@sapo.pt
    pesquisar